terça-feira, 16 de julho de 2019

Bombeiros Civis Controlam Incêndio Em Shopping Em São José Do Rio Preto

Incêndio assusta funcionários de shopping Em São Paulo
Um incêndio de pequena proporção assustou os funcionários de uma rede de grelhados, neste sábado (13) em um shopping no Jardim Morumbi, em São José do Rio Preto. 
Segundo informações da assessoria de imprensa do centro de compras, as chamas começaram na cozinha do estabelecimento e foram rapidamente controladas por um bombeiro civil do local.
Policiais militares e o Corpo de Bombeiros foram chamados. A área ficou isolada, mas logo foi liberada. Uma pessoa inalou fumaça e precisou de atendimento médico, mas passa bem.

Fonte: regiaonoroeste.com


sexta-feira, 12 de julho de 2019

Bombeiros Civis Colaboram com campanha do Agasalho no Rio Grande do Sul.

Mais Solidariedade e Menos Frio! 
Campanha do Agasalho 2019: 
Através das iniciativas do projeto social Comunidade cidadã organizada pela Febrabom destinadas a campanha do agasalho 2019 que teve suas arrecadações iniciadas no mês de março resultaram, em um volume considerável de arrecadações que servirão para aquecer e minimizar as consequências do rigoroso inverno gaúcho de várias famílias.
A campanha que contou com o apoio de várias entidades parcerias bem como, apoio maciço de seus bombeiros civis filiados Acarretou, na entrega realizada na manhã de sexta-feira dia (12) destinadas a Defesa civil estadual para sua distribuição. 
Ao todo, mais de 03 mil peças entre roupas e calcados devidamente triados e em perfeitas condições de uso foram doados para distribuição estadual outra parte, ficou destinada a defesa civil municipal.
Em cumprimento e seriedade total na execução de seus projetos e campanhas com ênfase ao bem coletivo.
A Febrabom RS, agradece a confiança dos coordenadores estaduais da defesa civil: Tenente Antônio Marcelo Santos da Silva Coordenador Divisão de Relações Comunitárias da Defesa Civil estadual, Major Vanderlan Frank Carvalho responsável pela Coordenadoria Regional da Defesa Civil do Estado (CREPDEC),Comandante Geral do CBMRS Coronel Cesar Eduardo Bonfante e também aos colaboradores: Marcos Fromming e Lucas Silva pela confiança no trabalho desenvolvido pela Febrabom e em especial ao seu Núcleo em proteção defesa civil e suporte humanitário.
Força tarefa Febrabom.

Fonte: Jornalismo e Comunicação Social Febrabom

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Procon intensificará Fiscalização No Cumprimento da Lei de Bombeiros Civis Em Petrpolis RJ

Estabelecimentos não cumprem lei do bombeiro civilLei sancionada em 2017 foi acionada neste ano para aumentar consequências do não cumprimento
Em outubro de 2017, foi sancionada a Lei Municipal 7.559/2017, conhecida como Lei dos Bombeiros Civis, que obriga shoppings, casas de shows, supermercados, lojas de departamentos, conjuntos comerciais e universidades a disponibilizarem bombeiros civis em suas dependências para garantir a segurança dos clientes e funcionários dos estabelecimentos. Entretanto, mesmo quase dois anos depois da implantação da mesma, a maior parte dos estabelecimentos da cidade ainda não cumpriram a legislação.
O autor do projeto foi o vereador Marcelo da Silveira, que destacou a importância do cumprimento da lei, que, segundo ele, não só garante a segurança da população como gera empregos.
- O bombeiro civil traz uma segurança essencial à população, pois pode previnir possíveis acidentes. Além disso, há a questão do mercado de trabalho, já que são cerca de 1.200 bombeiros civis capacitados na cidade. Há, também, a conservação do patrimônio histórico petropolitano, que deve ser preservado para que não aconteça algo como o caso do Museu Nacional - disse o vereador.
Marcelo destacou, ainda, que haverá uma audiência pública para debater o assunto, que ainda terá sua data definida.
A lei destaca que, em casos de supermercados, shoppings e lojas de departamento, deverá haver um bombeiro civil para cada 2 mil m² de área. Já indústrias ou conjuntos empresariais no mesmo condomínio devem disponibilizar um profissional para cada 200 funcionários e casas de show devem respeitar a proporção mínima de um bombeiro para cada 400 pessoas no local.
Um ano meio depois de sua sanção, a lei foi alterada, em publicação do Diário Oficial no dia 11 de abril, que tornava a punição em caso de não cumprimento da legislação mais rígida. A partir da data, a multa passa para 70 UFPE's (Unidade Fiscal de Petrópolis), que equivalem a R$ 9.541,70.
Em caso de reincidência, a multa dobra de valor, chegando a R$ 19.083,40. Se o estabelecimento ainda assim não cumprir a lei, o alvará de funcionamento será suspenso por 120 dias. Ao fim do prazo, caso a infração permaneça, haverá a cassação dos alvarás de localização e funcionamento.
O Procon informou que está intensificando a fiscalização e vai atuar, conforme prevê a legislação para garantir a presença dos profissionais nos estabelecimentos.


Fonte: www.diariodepetropolis.com.


terça-feira, 9 de julho de 2019

Curso Suporte Básico de Vida em Viamão Inscrições Abertas!

Curso Suporte Básico de Vida:
Curso de Suporte Básico de Vida Sábado dia 20/07/2019 a partir das 08:00 hrs na Cidade de Viamão no Rio Grande do Sul.
Suporte básico de vida (SBV) é o conjunto de medidas e procedimentos técnicos que objetivam o suporte de vida à vítima. O SBV é vital até a chegada do SIV (Suporte intermediário de vida transporte até o hospital). O objetivo principal é não agravar lesões já existentes ou gerar novas lesões (iatrogenias).
Inscreva se Já!
Organização Febrabom RS.
Apoio: SOS Traumas
Certificação: Bombeiros RS Treinamentos
Curso BLS Inicio: 
Dia: 20/07/2019 Início: as 08 da manhã em Viamão
Carga Horária 08 horas
Coordenadoria de Instrução: SOS Trauma e Corpo Técnico.
Supervisão: Enf Adriana Garlet Coren: 126187
Inscrições abertas!
Pronto Atendimento Febrabom WhatsApp: (51) 21602022
Valores para associados: para pagamento a vista 100,00 Pagamento Parcelado em até 3x no Cartão valor de 120,00 e dois Quilos de alimentos não perecíveis, 
Publico em geral a vista 200,00, Parcelado no Cartão em até 3x no Cartão valor de 220,00 e dois Quilos de alimentos.
FICHA INSCRIÇÃO BAIXE AGORA e envie para o e-mail febrabomrs@gmail.com com a copia do RG. 
Endereço: Avenida Senador Salgado Filho Nº 2005 Parada 36 Bairro: Cecilia Cidade: Viamão. 
Vagas Limitadas!

Atendimento Pré Hospitalar Dia 27 de Julho Em Viamão.

Atendimento Pré Hospitalar;
Estatísticas mostram a todo o momento, que a falta de conhecimento em relação a realização de um primeiro atendimento lotam hospitais e unidades de pronto atendimento (UPAS) Em todo o Brasil. Trabalhando, no intuito de modificar esta realidade, o projeto Social Desenvolvimento Campeão há 04 anos em atividade visa contribuir, junto a mudança deste quadro organizando, oportunizando e desenvolvendo politicas de multiplicação de conhecimento junto a profissionais, leigos e as  comunidades.
Convidamos a todos! para:
Dia 27/07/2019 em Viamão a Prestigiarem a capacitação em Atendimento Pré hospitalar
Carga Horária 08 horas
Instrutor: Telmo Ricardo Coren Nº 247217
Certificação: Bombeiros RS Treinamentos e Corpo Técnico.
Inscrições abertas!
Pronto Atendimento Febrabom WhatsApp: (51) 21602022
Valores para associados: para pagamento a vista 100,00 Pagamento Parcelado em até 3x no Cartão valor de 120,00 e dois Quilos de alimentos não perecíveis, 
Publico em geral a vista 200,00, Parcelado no Cartão em até 3x no Cartão valor de 220,00 e dois Quilos de alimentos.
FICHA INSCRIÇÃO BAIXE AGORA e envie para o e-mail febrabomrs@gmail.com com a copia do RG. 
Endereço: Avenida Senador Salgado Filho Nº 2005 Parada 36 Bairro: Cecilia Cidade: Viamão. 
Vagas Limitadas!

sábado, 29 de junho de 2019

Bombeiros Civis Garantem a Segurança das Festas Juninas Em João Pessoa PB

Maior Prevenção nas Festas Juninas da Paraíba:
Através de parceria firmada entre a prefeitura representada pelo atual prefeito de João pessoa na Paraíba Luciano Cartaxo. O grupamento de Bombeiros civis da Paraíba (GBCP) Entidade Filiada a Febrabom esteve presente, nos festejos e em segurança aos frequentadores de uma das maiores Festas junina do Brasil realizadas no município que acontecem, até o final do mês de junho no Estado da Paraíba.
Em zelo a segurança do público presente, tanto a disputa do Festival de quadrilhas assim como os festejos de são João que contam com aglomeração gigantesca de publico tiveram a presença de profissionais de prevenção em suas realizações. 
A parceria entre o Grupamento e Prefeitura que já dura mais de 04 anos tem como principal incentivador e apoiador o Prefeito da João pessoa Luciano Cartaxo que compreendeu na mão de obra prevencionista a possibilidade de estendê-la a população paraibana.
Pioneiro na contratação do serviço de bombeiros Civis prestados inclusive, em áreas públicas administradas pelo município de João Pessoa, como parques zoológico e festividades contam com os serviços de Bombeiros Civis contratados, através de empresa especializada em licitações, garantindo assim a lisura na prestação dos serviços de acordo com as leis trabalhistas de mercado, garantindo um serviço de qualidade a população daquele município.
Revertido por meio desta parceria em segurança e qualidade de vida aos seus munícipes e seu Bem-estar.

Fonte: Jornalismo e Comunicação Social Febrabom


Mulher é Presa ao Fingir ser Sargento do Exército e Cobrar até R$ 30 mil de Vítimas: Batiam Continência para ela.

Policiais de MS disseram que "nem a filha da suspeita escapou dos golpes" e, para dar mais credibilidade, ela andava com a vestimenta.
Uma mulher de 40 anos foi presa após fingir ser sargento do Exército para aplicar golpes em Campo Grande. Segundo a polícia, ela cobrava de R$ 4 mil até R$ 30 mil para "facilitar" o suposto ingresso nas carreiras de sargento e oficiais temporários. Após três meses de investigação, os policiais chegaram inclusive a apurar que ela esteve em eventos políticos, nos quais chegou a ser recebida por um candidato a governador e até "batiam continência para ela".
A imprensa o Exército ressaltou que ela não faz parte do quadro de funcionários. A reportagem tentou entrar em contato com a defesa dela, mas, não conseguiu até o momento.
"Ela tinha contato pessoal com as vítimas e ia pessoalmente receber o dinheiro, alegando que já tinha pago as pessoas envolvidas. Nós encontramos vítimas que pagaram R$ 4 mil, R$ 7 mil, R$ 15 mil, R$ 18 mil e até R$ 30 mil para ela. Agora, a investigação continua porque nem todas elas compareceram na delegacia", afirmou o investigador do Grupo de Operações e Investigações (GOI), que há 3 meses apura a conduta da suspeita.
Com o dinheiro arrecadado, a polícia aponta que Alzira de Jesus Araújo fez uma festa para a filha e também viajou para a praia, onde inclusive passeou de lancha. "Temos fotos das redes sociais nela, que constam no inquérito de estelionato, crime no qual ela é reincidente. A mulher ainda tem um antecedente por furto", explicou o policial.
Sobre a farda, a suspeita alegou que teria pego da filha, que seria "convocada em breve". No entanto, a menina de 22 anos nega os crimes e disse que as roupas pertenceriam à suspeita. A prisão em flagrante ocorreu nessa quarta-feira (26) e a audiência de custódia dela deve ocorrer dia (27).
Polícia apreendeu fardas com a suspeita que fingia ser sargento do Exército 
Investigação aponta ao menos 15 vítimas, 4 delas já estiveram na delegacia
Até o momento, a investigação aponta ao menos 15 vítimas, sendo que 4 delas já registraram boletim de ocorrência na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga. Para as vítimas, ela dizia que havia três vagas, mas, que para conseguir ingressar na força, era preciso o repasse de alguns valores em dinheiro para o pagamento de Guias de Recolhimento da União (GRU), que também eram falsas.
A polícia passou a investigá-la após uma denúncia de que "uma pessoa de fora da instituição e não capacitada ou autorizada, estava falando sobre concursos militares em nome do Exército e cobrando de potenciais candidatos para facilitar o ingresso". Questionadas, as vítimas comprovaram o crime e repassaram dados dela, quando a investigação iniciou o monitoramento.
Polícia diz que até a filha da suspeita caiu no golpe
Conforme a investigação, até a filha da vítima caiu no golpe dela, já que teria pago R$ 3 mil para ingressar no quadro de sargentos do Exército. Neste período, a jovem chegou a ser levada para adquirir a farda que usaria no dia da posse, algo que a golpista também fazia com as outras vítimas, quando pressionada para "agilizar a chamada" ou quando "queria mais dinheiro".
Sobre o comportamento dela, a polícia diz que Alzira também usava a vestimenta oficial para dar mais credibilidade às falsas promessas e postava fotos nas redes sociais. Com ela também foram apreendidos botons, coturnos e diversas fardas do Exército.
Mulher usava vestimenta oficial do Exército para dar mais credibilidade aos golpes em MS.
fonte: G1