quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Febrabom Participa de Reunião da Liga de Defesa Nacional no RS.


Civismo e Amor a Pátria.
Coordenada pelo presidente da liga de defesa nacional no RS coronel Marcos Elias Dangui
e intermediada pelo vice diretor da febrabom Carlos Cardoso.
Em reunião ocorrida nesta terça feira dia (08) juntamente, com todas as esferas militares e entidades que compõe a liga. A Febrabom participou, da reunião semanal que acontece tradicionalmente as terças feiras em Porto Alegre.
Com o intuito de agregar, junto ao conteúdo Cívico Patriótico e sua disseminação a direção da Federação Brasileira de Bombeiros Civis (FEBRABOM) composta pelos diretores: Júlio Valêncio, Silvia Beutler e Carlos Cardoso apresentaram a Febrabom, como possível participante junto as demais instituições que compõe a organização habilitando se dentro dos critérios da entidade a fazer parte da centenária organização fundada em 1916 por Otávio Bilac.
A reunião teve a organização das questões relacionadas a semana da pátria no Rio Grande do Sul como tema algo que é tradicionalmente organizada pela entidade, em todos os seus detalhes.
Em sua participação Júlio Valêncio ressaltou a importância do espírito patriótico, a valorização do orgulho cívico e propôs um trabalho conjunto, junto ao resgate e fortalecimento de atividades com este cunho.

No ato também foi entregue em mãos, ao Coronel Dangui a documentação referente a febrabom para posterior adesão como ente integrante da liga.

O QUE É A LIGA DE DEFESA NACIONAL ?
Ideias Cívico-Patrióticas
Pelo valioso teor das suas ideias cívico-patrióticas e pela presença de dirigentes, de figuras de destaque nacional, a Liga teve, por muito tempo, uma marcante atuação, assessorando os dirigentes do País no que ser referia o civismo e patriotismo.
De Utilidade Pública.
Pelos serviços prestados à sociedade brasileira, na sua área de atuação, foi considerada de utilidade pública federal pelo Decreto nº 67.576 de 16 de novembro de 1970, condição reafirmada por Decreto de 7 de fevereiro de 1997. A Liga é agraciada com as Medalhas Cruz do Mérito da Educação Cívica, Mérito Naval, Mérito Militar e Tamandaré.
As Atividades.
A participação da Liga da Defesa Nacional na vida do país está bem expressa pela proposta da LIGA ao Governo, que resultou na obrigatoriedade do ensino do português nas colônias de imigrantes, que por longas décadas ensinavam o idioma do país de origem.
Também a inclusão do ensino formal de assuntos ligados ao civismo e ao patriotismo, nas escolas, com ênfase para o canto do Hino Nacional, o Culto a Bandeira e o conhecimento da história da pátria, teve origem em sugestão da LIGA.
Promove e participa de eventos que tenham como tema a realidade nacional e o planejamento estratégico do País. São seminários, fóruns de cidadania, simpósios acadêmicos e intercâmbio com entidades de estudo e promoção social.
Em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e secretarias Municipais de Educação, promove a realização de mostras e exposições como trabalhos de alunos da rede pública referentes aos temas propostos para discussão e reflexão.
Semana da Pátria
Ainda por iniciativa da LIGA, foi formalizada a existência da SEMANA DA PÁTRIA, definindo-se seu início e término e os principais atos comemorativos, definindo-se também a abertura como o Fogo Simbólico da Pátria.
Atualmente, dentre as atividades de maior destaque promovidas pela Liga, aparecem a Corrida do Fogo Simbólico da Pátria, a Exposição Brasilidade, a Caminhada do Dia da Bandeira, incluída no calendário oficial de eventos de Porto Alegre, Homenagem ao Dia do Reservista com entrega de comendas da Ordem do Mérito Cívico, a organização e coordenação dos desfiles próprios para as datas cívicas, bem como a promoção de todos os atos ligados ao espírito do civismo.


CURTA NOSSA PÁGINA
FILIE-SE AGORA!