sábado, 28 de outubro de 2017

Audiência pública para regulamentação da profissão de Bombeiro Civil.

O Senado Federal – Comissão Senado do Futuro, recebeu nesta quinta-feira, 26, e bombeiros civis de todo o Brasil na audiência pública para regulamentação da profissão de bombeiro civil, Lei 11.901 de 2009.
Com um trabalho nos aspectos preventivos, os bombeiros civis trabalham dentro de empresas, ambientes públicos e privados, como shoppings, faculdades, parques e etc…
O Informa Tudo DF acompanhou os momentos que antecederam audiência. Bombeiros civis, representante de associações, sindicato e agentes que atuam na área dos profissionais bombeiros civis de todo Brasil, se reuniram e falaram sobre o progresso dos trabalhos, destacando a relevância na união da categoria para que novas conquistas sejam possibilitadas.

O presidente do sindbombeirosDF, Marcondes Alves Barbosa (foto), falou que desde 2005 o sindicato está dando Total contribuição para o formalização das normativas e Leis que regulamentam a profissão.
“Além de buscar melhorias para a categoria o Sindicato atua dando suporte jurídico e em busca do fortalecimento dos bombeiros civis politicamente e social” disse Marcondes.
Ele ainda destacou a Lei 11. 901 sancionada em 2009 e da frente parlamentar distrital criada em 2015 e da em 2016 a frente parlamentar mista Senado/Câmara.
Segundo Marcondes Alves, a ideia é somar forças para beneficio da população. Os Bombeiros Civis vão exclusivamente atuar na prevenção, e não atendem diretamente as ocorrências, acidentes, incêndios, sinistros e etc…
Rafael Valadão (foto), Presidente da Associação dos Bombeiros do interior paulista, falou da importância da criação de um currículo para regulamentação da Lei 11.901.
“No Estado de São Paulo, no Curso de bombeiro civil se exige mais do que em outros estados, uma grade curricular padrão para equiparar seria o ideal” disse Rafael, que destacou:
Em São Paulo o estado fornece para o bombeiro civil, treinamento na Escola Superior de Bombeiros uma parceria regulamentada por Lei.
Carlos David (foto), sub comandante do corpo de bombeiro civil em João Pessoa na Paraíba, falou ao Informa Tudo DFda parceria com a Prefeitura da cidade, onde fica sobre os cuidados dos bombeiros civis o Parque Arruda Câmara (Bica), desde 2009. Lá eles atuam com serviço voluntário de prevenção e se necessário atendimento pré-hospitalar.
“Nosso efetivo conta com aproximadamente 10 bombeiros civis, após trabalharmos pela regulamentação das Leis Municipais, Hoje também atendemos o Parque Lagoa, ponto turístico de João Pessoa capital da Paraíba” disse Carlos David.
Cristiano Vargas (foto), Comandante operacional do GBCV – Grupamento de Bombeiros Civis Voluntários e coordenador da Defesa Civil em Várzea Paulista – São Paulo. Militando na área desde 2010, falou sobre a importância do crescimento e apoio da bancada mista do Senado e Câmara.
“As ações vem ajudar na regulamentação da Lei 11.901 e a criação de um conselho para ajudar no crescimento da profissão” disse Vargas, destacando que:
Em 2014 foi reconhecida como utilidade pública, Além de dar suporte possibilitou fechar parcerias com corpo de bombeiro do México – Proteção Civil – Espanha e com Ibama em Brasília (Em andamento).
Com as parcerias possibilitaram os bombeiros civis ganharem todo o equipamento para ação: capacete, calça, Bota, inclusive Viaturas. O efetivo na região conta com aproximadamente 40 bombeiros civis.
André Amorim (foto), Capelão Oficial dos Bombeiros civis na Paraíba, trabalhar na área desde 2002, está implementando a Capelania para os bombeiros civis de todo Brasil.
A ideia é que os bombeiros civis venham auxiliar as vítimas atendidas trazendo num eventual momento de desespero uma palavra de Deus, para conforto e motivação a fé.
Autor do livro “Tomando o lugar da fé” onde fala dos motivos que levam as pessoas se afastarem da fé em Deus, Amorim destacou:
“A Capelania ajuda o equilíbrio pessoal em Meio tantas desigualdades vivida no nosso país, isso é importantíssimo. Os pilares da Capelania são restaurar, restabelecer e dá equilíbrio emocional”, disse.
Programa da TV Prevencionista
Legenda: Da esquerda para direita; Silvano Lima (Informa Tudo DF); André Amorim (Capelão Oficial dos Bombeiros civis); Carlos David (Sub comandante do corpo de bombeiro civil na Paraíba); Vinícios Bastos (Apresentador).
O apresentador Vinícios Bastos, da TV Prevencionista, entrevistou vários dos convidados, dentre eles o repórter Silvano Lima do Portal Informa Tudo DF (foto).
Legenda: Da esquerda para direita; Wesley Pinheiro, RJ, (Conselheiro da Frente Parlamentar mista em defesa dos bombeiros civis); Marcondes Alves Barbosa (Sindicato Sindbombeiros DF); Handerson Fabio, MG, (Conselheiro da Frente Parlamentar mista em defesa dos bombeiros civis).
No senado, o Informa Tudo DF entrevistou o Sr. Juvenal Messias (foto), Líder dos bombeiros civis no Senado.
“É importante a regulamentação da Lei até para as definições de nomenclatura na forma da contratação” disse Juvenal Messias.
Militante na área desde 1999, Juvenal que trabalhou durante 10 anos no”Pátio”, shopping muito conhecido em Brasilia, disse que a regulamentação facilitará o desenvolvimento e a abertura de novos postos.
Senador
Para o presidente da Comissão Senado do Futuro (CSF), senador Hélio José (Pros-DF), que pediu a audiência pública, a profissão de bombeiro civil é de extrema importância para a sociedade brasileira, dada a proteção que oferecem às pessoas e ao patrimônio. Por isso, é necessário um debate sobre a regulamentação.
A intenção do senador é usar o debate para colher subsídios e elaborar um projeto de lei.
O texto deve tratar de aspectos como a criação de um conselho federal da profissão; os parâmetros para o trabalho; a padronização nacional do uniforme; dentre outras…
O vereador Reginaldo Engenheiro Passos (foto) do Município de Resende no Rido de Janeiro, também esteve dando sua contribuição a categoria que representa, durante vários anos Reginaldo Passos atuou como bombeiro civil.
Vejam abaixo algumas fotos:
fonte: informatudodf.com.br
CURTA NOSSA PÁGINA
FILIE-SE AGORA!