segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Guarda Vidas Contam Com apoio da Febrabom No Rio Grande do Sul.

Segurança no meio Liquido:
Segundo dados da Associação Brasileira de Salvamento aquático (Sobrasa)
O número de óbitos por afogamento em nosso país supera os 6.000 casos ao ano, isto sem falar nos incidentes não fatais que chegam a mais de 100.000. Nossas crianças, infelizmente, são as maiores vítimas dessa situação, pois tem entre 1 e 9 anos de idade, o afogamento como segunda causa de morte.
Com o crescimento do número de pessoas que desfrutam do meio líquido, seja para o banho, a natação, a prática de esportes aquáticos, o transporte, ou mesmo para trabalho; em praias, piscinas, rios e lagos, tornou-se fundamental agir em prol da prevenção desta tragédia que é o Afogamento!
Diante destes dados, a Federação Brasileira de Bombeiros Civil Núcleo Rio Grande do Sul por meio do projeto Social desenvolvimento Campeão concluiu no domingo dia (21) mais uma edição do curso de qualificação e requalificação profissional voltado a atividade desenvolvida por Guarda Vidas de piscinas.
Em sua segunda edição o projeto por meio de suas iniciativas já formou mais de 30 novos guarda vidas. Seguindo a risca, as diretrizes de formação e orientações propostas pela associação Brasileira de Salvamento aquático. As ações realizadas pelo projeto vem trabalhando conjuntamente com demais Orgãos para o fortalecimento das ações orientativas e preventivas envolvendo assuntos do meio liquido e seus frequentadores.
Outra grande preocupação dos idealizadores, é no sentido de orientar sobre a necessidade de profissionais realmente aptos de forma prática para a atividade de guarda vidas tendo em vista, as confusões de competência profissionais entorno da atividade que tem o Reconhecimento do código Brasileiro de ocupações através do numero 5171/15 mas que no entanto, deixa a desejar no quesito fiscalização e segurança em piscinas e parques aquáticos mesmo que se tenha leis municipais tratando sobre a obrigatoriedade destes profissionais em vários municípios do Brasileiros.
Trabalhando com apoio de parcerias entre elas, o complexo de Piscinas Sitio da lagoa empresa parceira da febrabom.
O projeto em sua segunda edição cumpriu seu objetivo bem como, possibilitou o acesso e requalificação de pessoas a esta atividade profissional tão importante principalmente, quando o assunto se trata da segurança em piscinas e parques aquáticos.
Parceiros que viabilizaram a ação: Complexo de Piscinas Sitio da Lagoa localizado em Gravataí associado Febrabom tem desconto aqui!
Organização Federação Brasileira de Bombeiros Civil Núcleo RS.
Bombeiros e colaboradores Febrabom: André Félix Martins, Felipe Prusch Cascaes, Sílvia Beutler, Júlio Valencio e Mauríti de Mesquita.
Não faça parte de estatísticas Neste Verão Frequente somente local Seguro.
Fonte: Equipe de Jornalismo e Comunicação Social Febrabom RS.