quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Febrabom RS No Combate A Desinformação.

Orientação e Desenvolvimento.
O trabalho vinculado ao desenvolvimento da profissão Bombeiro Civil no estado do Rio Grande do Sul, realizado pela Febrabom RS juntamente, com o Conselho Consultivo da Frente Parlamentar em Defesa e Desenvolvimento da Profissão Bombeiro Civil, desenvolve se baseado na defesa, orientação e na diferenciação entre as profissões.
A defesa da profissão e sua atividade econômica dá se pelas prerrogativas legais via legislação estabelecida que determinam até onde se dá a legalidade de atuação dos profissionais de prevenção. Ampliando e orientando sobre estas informações, conseguimos o entendimento e cooperação dos profissionais sobre a sua respectiva área de atuação cooperando desta forma, com o bom funcionamento, relacionamento, andamento e desenvolvimento da atividade no estado.
Nosso trabalho visa o combate veemente no que diz respeito a usurpação de atividades públicas ou voluntárias indevidamente constituídas.
É extremamente necessário, o entendimento que mesmo com atividades semelhantes em alguns aspectos a diferenciação entre elas está vinculada a legislações constituídas de forma específica para cada uma. E que mesmo, com a previsão legal de parcerias de atuação conjunta é necessário, uma série de previsões documentais sejam elas vinculadas ao estado ou municípios para que a legitimidade de atuação seja realizada legitimamente.
Nosso entendimento sobre este tema é fundamentado, nas legislações previstas na lei 1029 que trata das questões relacionadas aos trabalhos voluntários bem como, a previsão constitucional através do artigo 144 da constituição que atribui ao estado através dos corpos de bombeiros a responsabilidade e atribuição pública de suas atividades e competências.
Desta forma, quando a invasão ou usurpação é cometida de forma desorganizada por profissionais Civis, automaticamente, nós Bombeiros Civis, estaremos contribuindo para estagnação e para o descrédito da atividade.
Tal argumentação, foi defendia e exposta em reunião realizada no início do ano de 2018 junto ao comandante Geral do corpo de bombeiros militar do Estado o ex Comandante Geral coronel Cleber Valinodo Pereira onde de forma prolixa deixamos claro que nossas iniciativas visam: "colocar, cada macaco no seu galho!"
O combate a propagação de inverídicas informações sejam elas multiplicadas por falta informações necessárias por civis, militares ou entidades é a bandeira e o compromisso tanto da Febrabom quanto do conselho regional da frente parlamentar em defesa e desenvolvimento da profissão Bombeiro Civil no estado.
Defendemos o respeito a todas as atividades, porém, cada uma dentro da sua respectiva área e legislação de atuação.
Entendemos que todas são necessárias e que a existência de uma não exclui a outra! Pois cada uma, tem sua devida importância
Dentro de sua área de atuação, legislação e prerrogativa. Mais ainda, quando a missão é o bem comum com ênfase ao bom trabalho realizado para a sociedade.
Seguimos nosso trabalho e acima de tudo, pedimos o apoio de todos para que combatemos as informações inverídicas que circundam a profissão para que cada vez mais o estado do Rio Grande do Sul continue sendo referência no Brasil nas áreas de prevenção e combate a incêndio vinculados ao respeito a todos os que labutam nesta atividade independente, de sua área de atuação.
“Informação é poder, porém se tens tal domínio e não o divulgas, torna-te responsável pela ignorância alheia.”
Ivan Teorilang
Atenciosamente:
Julio Valêncio
Diretor Estadual Febrabom RS
Conselheiro Consultivo da Região Sul da frente parlamentar Nacional em defesa e desenvolvimento da profissão Bombeiro Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário