segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Bombeiro Civil No Brasil E a Política Circense:

O Espetáculo Começou!
Assim como nos espetáculos circenses onde os expectadores atentamente se fixam na magia espetacular promovida por mágicos, palhaços, equilibristas entre outros. 
Em época de pleito eleitoral, as comparações entre o circo é a política se torna inevitável pelo fato de suas familiaridades. 
Este ano, onde teremos eleições para Prefeitos e Vereadores. 
Já é possível, perceber com clareza as movimentações, interesses e motivações políticas de alguns já declarados pré-candidatos. 
Diante do que já foi minimamente exposto, e em comparativo as atividades circenses. 
As possíveis plataformas e promessas, mesmo que de forma velada já se iniciaram e como sempre, há soluções mágicas para tudo! Assim como no circo que como num passe de mágica as coisas desaparecem ou se remodelam. 
No objetivo assim como no circo de prender o expectador neste caso, o eleitor palavras doces e bem colocadas ganham ares impactantes e de renovação no entanto, todos nós eleitores sabemos ou deveríamos saber, que não existe novidades políticas sem projetos, lisura de interesses ou plataformas de atuação na busca de qualquer objetivo seja ele qual for. 
Há a presença, de muitos pré-candidatos nesta eleição muitos, sem histórico na política menos ainda, de ações que os respaldem para tal! Alicerçando se através das críticas ao trabalho alheio muito às vezes, opinando sem conhecimento de causa sendo que as soluções apresentadas para consecução de melhorias entorno de suas críticas, tornam se tão atrapalhadas quanto na apresentação dos nobres palhaços de circo fato este corriqueiro. 
Em evidência também, está a falácia difusa entre o que realmente lhes compete assim como, as promessas vazias que instigam a atenção do expectador como os promovidos por malabaristas neste caso, de palavras. 
Como no circo, o expectador nunca ficará de fora e com certeza, será convidado de honra a participar deste grande espetáculo através das selfies, tapinha nas costas, entregas de santinhos entre outros, que logo após o objetivo alcançado, terá uma grande probabilidade de ser trocado pelo ilusionismo de desculpas diante das promessas não cumpridas durante o pleito. 
Este grande palco político circense, onde alguns, salvo exceções possuem realmente preparo, comprometimento e vivência. Se utilizarão durante esta caravana que se aproxima, de todas as artimanhas possíveis e imagináveis na busca de seus objetivos. 
Como de costume, no país do Jeitinho, do interesse e do apadrinhamento a falta de projetos concretos, aliados ao comprometimento serão compensados, pelo dom fala bonita entretanto vazia que nos encaminham novamente, para que tenhamos neste pleito a já querida e tradicional política circense promovida por alguns, onde o expectador, ou seja o eleitor mais ainda, no caso da categoria Bombeiro Civil se não estiver atenta poderá ficar refém da incompetência por no mínimo mais 04 anos. 

Coluna Liberdade de Expressão 
Júlio Valêncio Jornalista: (Reg. profis. 19127 MTE/RS). 

Um comentário:

  1. Bom dia amigo e colega.Esta caminha já estou nela desde 74 onde já exercia o trabalho de caridade pelas ruas como um auxiliar as forças de socorro médico e com a companhia dos anjos da guarda naquela época.Hohe muitos tentam e inssistem usar aquilo o que a sociedade em um tido precisa para ser realmente atendida.Com o passar dos anos,os interesses se voltaram a lados financeiros ou comerciais,do que realmente desempenharem o trabalho bonito de uma profissão que já passa a ser uma religião.Politico e que não ainda não e,está pensando seriamente em ser,porque com a promessa do projeto ainda não concluído na pessoa bombeiros civis,poderá dar a cada um candidato,alguns vinténs,e e este o foco.Esta difícil fazer com que respeitem a cada um destes desempenhadores que se chamam bombeiros civis,e que esperam que empresas venham a propor serviços fixos e vinculados ao ministério do trabalho,e não free lancers,e assim,podendo ser mais respeitados,por estes que hoje exploram cada um destes profissionais,e adquirindo poder aquisitivo para seus objetivos.Obrigado amigo por este espaço.Sao anos acompanhando,e só vejo mudanças em quem faz promessas.sinceridade.Abracao.

    ResponderExcluir