domingo, 13 de outubro de 2019

Soldada da BM ajuda a salvar pelo telefone bebê de dois meses engasgado em Rio Pardo.

Pais de Anna Elloá acordaram quando ouviram que a pequena fazia um barulho estranho. Ela havia se engasgado com o próprio vômito e não reagia.
Um bebê de dois meses que estava engasgado foi salvo, na madrugada deste sábado (12), durante uma ligação ao 190, da Brigada Militar, em Rio Pardo, no Vale do Rio Pardo. Soldada há 10 anos, Carla de Andrade do Santos foi surpreendida por uma ligação de emergência.
"Foi um momento ímpar. O telefone de emergência tocou às 5h45, e do outro lado da linha várias pessoas gritavam juntas. Ouvia o pedido de socorro".
Os pais de Anna Elloá acordaram quando ouviram que a pequena fazia um barulho estranho. Ela havia se engasgado com o próprio vômito e não reagia.
"Pedi calma a pessoa que ligou, que era avó da bebê. Ela estava muito nervosa. Segundo a avó, a bebe não respondia aos estímulos deles. Pedi que fizesse exatamente como eu iria lhe orientar, pois cada minuto era sagrado".
Pelo telefone, a soldada passou a dizer para a avó da criança os procedimentos emergências que aprendeu no curso de formação de policial militar.
"Pedi que colocasse a pequena Anna Elloá no seu ante braço, de bruços e efetuasse a manobra de Heimlich, que é é um procedimento a ser feito nos casos em que a criança está inconsciente. Estes são alguns procedimentos emergências que aprendemos durante nossos cursos".
Depois de algumas tentativas, a bebê expeliu o líquido e reagiu.
"Nesse momento eu apenas agradeci a Deus pela benção em pleno Dia das Crianças, e respirei aliviada".
"Acionei o Hospital Regional que prontamente se mobilizou para esperar a bebê chegar. Os colegas de serviço foram ao encontro da família muito rapidamente para prestar o apoio necessário enquanto, por telefone, eu tentava ajudar", disse
Mãe de uma menina de 11 anos, ela contou nunca tinha passado por uma experiência semelhante. Carla e Anna Elloá se conheceram no hospital.
"Estou muito feliz. Gratidão é a palavra que resume o fato", contou.
fonte: G1

sábado, 12 de outubro de 2019

Convenio Com Bombeiros Voluntários Fortalecem Atendimento em Rodovias Estaduais.

Rodovias Gaúchas Ganham Reforço de Bombeiros Voluntários.
O socorro a acidentes em estradas estaduais no RS ganhou um reforço.
O governo do Estado, por meio da Secretaria de logística e Transporte e a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) assinou, nesta quinta-feira (10/10), convênio com Entidades voluntárias Composta por Bombeiros Voluntários de sete municípios Gaúchos.
A parceria, prevê o repasse de recursos para o aparelhamento dos serviços.
A solenidade de assinatura dos contratos foi realizado em São Sebastião do Caí, onde fica um dos Grupamentos contemplados. Os outros seis pertencem ás cidades de Nova Petrópolis, Bom Principio, Garibaldi, Teutônia, São Francisco de Paula e Antonio Prado. O ato teve a presença do secretário de logística e transportes, Juvir Costella, e o diretor-presidente da EGR, Urbano Schmitt.
"Nossa prioridade é preservar a vida dos usuários de mossas estradas, por isso precisamos investir não apenas na melhoria da infraestrutura viária, mas também na qualificação do atendimento a emergências", declarou Costella. "O convênio que estamos firmando hoje é mais um exemplo de parceria que o Estado tem buscado no sentido de oferecer serviços mais ágeis e eficientes à população".
Cada Instituição voluntária receberá R$ 15 mil por mês para a compra de equipamentos, manutenção e ampliação de suas sedes. O repasse auxiliará, em ações nas rodovias ERS-122, ERS-235, ERS-128 e ERS-020.
"Por meio de convênios, fortalecemos a atuação de quem presta um serviço fundamental nas rodovias administrativas pela EGR, que é realizar resgates em acidentes e outros tipos de ocorrências, como incêndios nas margens das vias e desobstrução de pista em caso de queda de árvore", explicou Schmitt. 
De acordo com o comandante operacional dos bombeiros voluntários de São Sebastião do Caí, Anderson da Rosa, o convênio irá agregar qualidade aos serviços prestados. "Não só os que transitam pela ERS-122, mas toda a comunidade será beneficiada", comemorou. "Esses recursos de dois anos, com possibilidade de prorrogação. A EGR também parceria com os bombeiros voluntários de Candelária, Rolante, Igrejinha e Vera Cruz.
Antes da solenidade de assinatura dos convênios, o secretário Juvir Costella e o diretor Urbano Schmitt vistoriaram obras da EGR na RSC-287, em Montenegro, onde estão sendo realizados reparos profundos e recapeamento asfáltico entre entre os quilômetros 5 e . Na sequência, os serviços ocorrerão entre os quilômetros 0 e 5.
O trecho de sete quilômetros foi incorporado à malha rodoviária da EGR em 2018 e, após contratação de engenharia, teve a execução dos serviços licitada. Está sendo investido R$ 1,7 milhão ao longo de 6 meses em trabalho de manutenção de via.
fonte: transportes.rs

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Vistoria indica falhas no sistema contra incêndios do Hospital Celso Ramos, em Florianópolis

Ausência de placas de iluminação e sinalização, alarme de incêndio, detector de fumaças e escada específica para saída de emergência são alguns dos problemas identificados.
O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e o Corpo de Bombeiros identificaram falhas no sistema de prevenção contra incêndio do Hospital Governador Celso Ramos, no Centro de Florianópolis, durante vistoria realizada nesta quinta-feira (10). A ação deu continuidade ao inquérito civil instaurado pela 33ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital após o princípio de incêndio ocorrido na madrugada de 24 de setembro deste ano.
De acordo com o Promotor de Justiça Luciano Naschenweng, foram identificados problemas no projeto estrutural do prédio, além da falta de diversas placas de iluminação e sinalização, alarme de incêndio, detector de fumaças e escada específica para saída de emergência.
Por outro lado, ainda conforme o promotor, a vistoria constatou que a maioria dos extintores de incêndio está dentro dos padrões estabelecidos pelas normas do Corpo de Bombeiros, assim como as mangueiras de hidrante.
A investigação da 33ª Promotoria de Justiça busca esclarecer e resolver falhas relativas aos extintores, ao habite-se, à falta de projeto preventivo contra incêndio, às portas de emergência, à sinalização dos corredores e aos demais sistemas vitais para o pleno funcionamento do hospital.
Agora, o MPSC aguarda documentos requisitados à direção da unidade, que tem até 21 de outubro para entregá-los.
Conforme a administração do hospital, que acompanhou a vistoria nesta quinta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde está ciente das irregularidades, e procedimentos administrativos para avaliação das falhas e compra de materiais que fazem parte dos sistemas vitais estão em andamento.
Membros do MPSC e do Corpo de Bombeiros durante vistoria nesta quinta (10).
Prédio inaugurado nos anos 60
O Hospital Governador Celso Ramos foi inaugurado em 1966, tem 22.000 m² de área construída e conta com unidades de internação, emergência 24 horas, unidade de terapia intensiva, centro cirúrgico, ambulatório de especialidades, serviços de diagnóstico por imagem e de apoio à diagnose e terapia.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, mais de 900 funcionários e um corpo clínico de 317 integrantes trabalham no local. O hospital atende mais de 7 mil pessoas por mês, além de outros 7 mil pacientes no ambulatório. Mensalmente, são realizadas mais de 900 cirurgias na unidade.
fonte: nsctotal

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Aeroporto de Salvador Abre 78 Vagas Para Bombeiros e Agentes de Comunicação

78 vagas para Bombeiros e Agentes de Comunicação Em Salvador.
O Aeroporto de Salvador tem 78 vagas de emprego aberta na área que cuida de resposta a emergências. São 52 vagas para Bombeiro de Aeródromo, 20 para Bombeiro de Aeródromo Motorista Condutor e seis para Agente de Comunicação. Todos têm carga horária de 180 horas por mês. Interessados devem se inscrever usando as páginas do LinkedIn do Salvador Bahia Airport ou da Vinci Aiports. Também é possível se cadastrar clicando aqui. 
Para as vagas de Bombeiro de Aeródromo e Bombeiro de Aeródromo Motorista Condutor, é preso ter Ensino Médio Completo, Curso de Bombeiro Civil (240h) e ter Carteira Nacional de Habilitação (categoria B para bombeiro e D para bombeiro motorista). Para as vagas de Bombeiro de Aeródromo Motorista Condutor também é necessário ter feito o curso de Condutor de Veículo de Emergência (CVE). 
Os interessados devem comprovar que têm pelo menos seis meses de experiência como bombeiro civil, socorrista, resgatista ou emergencista. Para a vaga de bombeiro motorista, também será exigida experiência de pelo menos seis meses como condutor de veículos categoria D. Ter feito cursos de Primeiros Socorros; NR10; NR20; NR33; NR35 e Suporte Básico de Vida (BLS/SBV) será considerado um diferencial. 
Já para o cargo de Agente de Comunicação de Emergência (ACE), os requisitos obrigatórios são: Ensino Médio completo, cursos de Informática Básica e Microsoft Office Básico. É necessário também comprovar experiência mínima de seis meses em atividades relacionadas à administração, comunicação ou monitoramento CFTV. É desejável que o candidato tenha feito cursos de Sistema de Comando de Incidentes (SCI) e Operação de CFTV; além de apresentar nível de inglês básico.
Seleção
A própria concessionária que administra o aeroporto vai conduzir o processo de seleção, que será constituído de sete etapas eliminatórias. As cinco primeiras são: análise curricular; avaliação teórica sobre fundamentos contra incêndio e Atendimento Pré-Hospitalar (APH); entrevista pessoal; exame psicológico; e exame médico admissional.
A sexta etapa consiste no teste de Aptidão Física – TAF, exclusivo para os cargos de Bombeiro de Aeródromo e Bombeiro de Aeródromo Motorista Condutor. A sétima e última etapa é a contratação. 
O resultado do processo seletivo será comunicado ao candidato por meio do contato informado no currículo. Os profissionais contratados receberão treinamento específico para atuar no setor aeroportuário.
Fonte: Correio24horas.com

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Febrabom Rio Grande Do Sul Quem Somos:

Seja bem-vindo à Febrabom!
A Febrabom RS, é uma entidade auxiliar a justiça Integrante da Frente parlamentar Mista em Defesa e Desenvolvimento da Profissão Bombeiro Civil que vem atuando em todo o Brasil.
Sendo uma entidade não governamental sem fins lucrativos desde a sua fundação foram princípios institucionais priorizar o bem-estar, o desenvolvimento e a comodidade de seus entes associados. A Febrabom não atua como sindicato, mas sim, de acordo com o Art. 5º da Constituição Federal que lhe assegura o direito à ampla defesa dos interesses individuais e coletivos de seus entes Filiados. 
A Bandeira da Febrabom é lutar juntos aos órgãos competentes, pelos direitos de homens e mulheres que por amor a profissão, que por dom, capacidade e competência, mediante conhecimento e preparação técnica, física, psíquica e resistência queiram exercer seus direitos por vontade,de forma voluntária, ou por profissão. 
São princípios estatutários da Febrabom RS:
Apoiar os associados em suas aspirações coletivas (ações judiciais e afins);
Defender os interesses dos seus associados judicial e extrajudicialmente;
Incentivar e realizar estudos, sessões e congressos referentes a questões administrativas e a medidas de interesse dos associados;
Colaborar com os poderes públicos no aperfeiçoamento do serviço público, por meio de representações, indicações, requerimentos, sugestões, anteprojetos de leis e de regulamentos, críticas à legislação existente ou em elaboração e às práticas jurídico-administrativas;
Proporcionar aos seus associados e familiares atividades intelectuais, profissionais culturais, esportivas e recreativas de esporte e lazer;
Realizar ações que promovam a união, crescimento e desenvolvimento de seus membros assim como as de sua atividade profissional.
Estreitar laços de solidariedade e cooperação com outras entidades representantes dos trabalhadores, sem comprometimento de sua própria independência e soberania;
Regular seus atos pelos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade.
Para cumprir parte de suas funções, a Febrabom busca firmar diversos convênios institucionais que oferecem a seus associados, vantagens na aquisição de produtos e serviços em vários segmentos: atendimento jurídico, aquisição de combustíveis, saúde (clínicas e farmácias), clubes, instituições de ensino, seguros entre outros.
Envolvimento:
Nossa maior motivação é poder contar com a confiança e manter o compromisso com nossos associados e seus familiares.
Porém, nada conseguimos sem a participação coletiva. Precisamos da proximidade de todos. Precisamos saber das necessidades, dos quereres de cada colega, de modo que possamos buscar atender a todos.
Precisamos de seu feedback, para saber como estamos atuando e o que podemos aprimorar.
Por isso, não seja apenas um número em nosso quadro de associados, seja ativo.
Participe, associe se, desenvolva se, colabore e contribua, para o crescimento e valorização coletiva de todos os Bombeiros Civis de Nosso Estado.
Juntos somos mais fortes!
Whatsapp Febrabom RS: (51) 2160-2022
E-mail: febrabomrs@gmail.com



domingo, 6 de outubro de 2019

Capacitação Para Instrutores é Concluída em Viamão.

Didática de Ensino 2º Edição Missão Dada é Cumprida!
Buscando ações alternativas para o melhoramento dos facilitadores e com o objetivo, de preparar e profissionalizar as questões vinculadas a multiplicação. 
A Segunda edição do projeto Social Desenvolvimento Campeão concluiu nesse Domingo, dia (06) de outubro a capacitação que teve como abordagem o tema: Didática de Ensino Para Instrutores e Formadores em cursos Livres. 
Com Base em dados, que apontam a necessidade do aprimoramento e profissionalismo neste quesito estiverem presentes, participantes de mais de 10 municípios da Região metropolitana de Porto Alegre que sob a coordenação da Instrutora Febrabom Barbara Makar debateram durante 40 horas de forma pedagógica, Técnica e pratica as funções e responsabilidades dos profissionais realmente preparados para este ramo de atividade.
Há 05 anos desenvolvendo ações de qualificação o projeto Social, elaborado pela Febrabom RS, se desenvolve sobre a premissa de abertura de novos leques de oportunidades através da preparação técnica e profissional em várias áreas oportunizadas atendendo regras, normas e requisitos para os seus participantes e principalmente, apostando no planejamento e preparação de suas ações em conjunto com seu corpo técnico de instrutores que são responsáveis pelos conteúdos colocados em prática e previamente discutidos.
Resultados:  
Em 05 anos de atividades realizadas, o projeto que não conta com incentivos externos já contabiliza mais de 05 mil pessoas atendidas desta forma, melhorado a qualidade de vida dos participantes, qualificando pessoas, as preparando para o mercado de trabalho e desenvolvendo desta forma, um papel social extremamente importante e relevante dentro das questões sociais tendo em vista, a manutenção de outras ações através de projetos específicos mantidos pela entidade. 
Com base no Respeito, compromisso e Responsabilidade em suas ações a Entidade, saúda os participantes e destaca, o reconhecimento dos mesmos diante da necessidade e humildade, no reconhecimento, aperfeiçoamento das técnicas necessárias empregadas neste tema em destaque. 
As capacitações, cursos e ações Sociais continuarão tendo sequência através do projeto nos próximos dias.
Acompanhe Acesse: www.febrabomrs.com 

GALERIA DE FOTOS:
Fonte: Equipe de Jornalismo e Comunicação Social Febrabom RS


terça-feira, 1 de outubro de 2019

Falso Técnico em Enfermagem é Detido em São Leopoldo.

Homem, de 54 anos, foi capturado pela Guarda, no Hospital Centenário.
Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de São Leopoldo detiveram na tarde da última sexta-feira um homem que se passava por técnico em enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O farsante, de 54 anos, tinha, inclusive, um uniforme completo e crachá muito semelhantes aos usados pelos socorristas do serviço. Horas antes de acabar detido, o homem, uniformizado como um servidor do Samu, havia se envolvido em uma confusão na 27a Coordenadoria Regional da Educação.
A Brigada Militar chegou a ser acionada, mas o homem fugiu do local deixando para trás uma motocicleta. À tarde, com uma roupa do bloco cirúrgico do Hospital Regina, luvas e máscara pendurada no pescoço, ele foi até a base do Samu, onde pediu por um copo de água. Desconfiados, servidores do órgão avisaram a GCM. Quando os agentes chegaram no local, o homem havia entrado no Hospital Centenário para trocar de roupa. No HC ele foi abordado e detido.
Coordenador do Samu leopoldense, Roberto Tyska Bueno, conta que já havia sido informado da suspeita sobre um homem uniformizado que tripulava uma moto pelas ruas da cidade. "Pensávamos que fosse algum colega de outra cidade, se deslocando de casa para o trabalho, mas era muito mais grave. Por sorte não praticou nenhum crime mais grave, usando do nome da instituição" , salienta Tyska. Liberado após prestar depoimento
De acordo com o titular da 1a Delegacia de Polícia (1a DP) da cidade, o delegado Marcelo Kaner Teixeira Nunes, em depoimento o homem disse estar com a carteira de habilitação cassada e que se utilizava dos uniformes e crachás para não ser parado em blitz e barreiras policiais. Após prestar esclarecimentos, ele foi liberado ainda na sexta feira e o material apreendido. Conforme Nunes, o farsante, que é morador de São Leopoldo, tinha antecedente por furto no ano de 1998 e foi autuado por contravenção penal por fingir ser funcionário público. "Se ele usasse do uniforme para cometer outro crime mais grave, responderia pelo outro delito, sendo aplicada uma pena mais severa" , explica o delegado.