quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Comando Militar do Corpo de Bombeiro de Sergipe não Aceitará mais Cerificados Assinados por Bombeiros Militares da Ativa.

A partir de 1º de Janeiro de 2020 Militares Da Ativa Não poderão Usar Credenciamento do CBM Para Atividades Paralelas No Sergipe.
Em Oficio circular expedido, no ultimo dia (04) de dezembro pelo Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe Coronel: Gilfran Marcélio Copete Santos Mateus, em conformidade com a instrução técnica Nº46/2019 institui a proibição com inicio no dia 01 de janeiro de 2020 para utilização credenciamento junto ao CBM do Sergipe em atividades de participação e vinculação de Bombeiros Militares da ativa em ações laborais paralelas exercidas pelo Corpo de Bombeiros do Estado do Sergipe entre elas: A proibição da assinatura de Militares da ativa em certificados de formação de Bombeiros Civis, vínculos com escola de formação, coordenação em eventos, formação de brigadas de incêndio e emergência entre outros.
A medida segue as determinações da IT Nº 46/2019 do CBM Sergipano.
Oficio Circular
Comandante Geral Gilfran Marcélio Copete Santos Mateus
IT Nº 46/2019

Governo Altera Normas de Segurança do Trabalho com Inflamáveis e Operações Perigosas.

Governo revisa normas de segurança no trabalho com inflamáveis.
Medida trará economia de R$ 1 bi por ano a empresários.
Duas normas que tratam do trabalho com inflamáveis e combustíveis foram revistas. O Diário Oficial da União publicou hoje (10) portarias com a nova redação da Norma Reguladora 20 (NR 20) e uma alteração na NR 16, que trata de atividades e operações perigosas.
Segundo o Ministério da Economia, as mudanças foram aprovadas por consenso entre representantes do governo federal, dos trabalhadores e das empresas. Na rede social Twitter, o secretário especial de Previdência e Trabalho da pasta, Rogério Marinho, afirmou que a simplificação das regras resultará em economia de cerca de R$ 1 bilhão por ano para os empregadores.
De acordo com a pasta, as revisões mantiveram a segurança no trabalho, reduzindo a burocracia e ajustando pontos que dificultavam o cumprimento das regras. A análise de risco foi simplificada. Até agora, os laudos de segurança para qualquer tipo de instalação só podiam ser feitos por engenheiros. Com a nova redação, em casos de estabelecimentos como farmácias e distribuidoras de bebidas, um técnico em segurança do trabalho poderá assinar os laudos. 
Em estabelecimentos de classe 2 ou 3, como empresas engarrafadoras de gases inflamáveis e transportadoras por dutos de gases e líquidos inflamáveis ou combustíveis, refinarias e instalações petroquímicas, continua a exigência de laudo produzido por engenheiro habilitado. 
As normas para tanques de líquidos inflamáveis no interior de edifícios também foram revisadas. Agora será possível usar geradores no interior de construções de forma a manter o funcionamento das empresas. As regras de quantidade de tanques para armazenamento de diesel foram flexibilizadas, mas a norma limita o volume desses tanques de acordo com os padrões internacionais, com exigências de segurança para prevenir acidentes. 
Na NR 16, foi incluído um subitem nas operações de transporte de líquidos inflamáveis. O novo ponto, segundo o Ministério da Economia, deixa claro que o volume de combustível nos tanques para consumo próprio dos veículos não será considerado na caracterização de periculosidade, independentemente da quantidade de inflamáveis transportada. Também aprovada por consenso, a regra estabelece que os tanques de combustível sejam originais de fábrica e certificados pelo órgão competente, assim como os tanques suplementares.
Desde fevereiro, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia está revisando as 37 normas reguladoras que regem a segurança no trabalho. Segundo a pasta, as discussões estão sendo conduzidas pela Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP), com representantes do governo, de empregadores e trabalhadores, e levam em conta as convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT). 
 Além das duas normas revisadas hoje, a comissão revisou as normas 1, 3, 12, 24 e 28, que foram alteradas para ficarem mais claras e objetivas. A NR 2, sobre inspeção prévia, foi revogada.
fonte: agenciabrasil

Formação Para Bombeiros Civis Deverão Oferecer Ensino Em Libras de Emergência No RJ

Passo Importantíssimo, Para o Desenvolvimento Das Atividades Prevencionistas:
A Câmara de Vereadores de Petrópolis no RJ aprovou uma alteração na Lei 7559/17, que tornou obrigatória a presença do Bombeiro Civil em casas de shows, shoppings centers, universidades, supermercados, e locais fechados com grande circulação de pessoas no município, obrigando responsáveis por cursos de formação de Bombeiro Civil a oferecer curso de “Libras de Emergência”
Segundo Marcelo da Silveira – Pró Deficiente (PSB), autor da Lei e da alteração, a mudança pode salvar vidas. “Bombeiros Civis atuam na prevenção, mas também existem inúmeros relatos de vidas salvas por estes profissionais, com técnicas de primeiros socorros. Saber o básico para atender em uma situação de emergência é fundamental. Vale também destacar que Libras é a segunda língua oficial do país, reconhecida pela Lei 10.436, de 24 de abril de 2002. Diante dessa realidade a mudança é necessária e valoriza ainda mais o trabalho do Bombeiro Civil”, destaca. 
O último censo realizado pelo IBGE em 2010 apontou que na ocasião havia mais de 10 milhões de pessoas com deficiência auditiva no Brasil.

Fonte: www.aconteceempetropolis.



Magirus lança caminhão de bombeiro movido a gás

O Magirus auto bomba tanque utiliza a plataforma do Iveco Eurocargo e é o primeiro caminhão de bombeiros do mundo com motor movido a gás natural comprimido.
A Magirus está lançando no mercado europeu o caminhão (H)LF 10 movido a gás natural comprimido (GNC). O modelo faz parte da chamada linha de propulsão inovadora (iDL) da marca que também é composta por caminhões elétricos. Todos são para uso dos bombeiros.
A Magirus é a primeira empresa a oferecer um caminhão auto bomba tanque com motor movido a gás natural. A companhia informa que o objetivo é fazer com que cada vez mais veículos com propulsão alternativa ao diesel possam ser utilizados de forma eficiente.
Magirus auto bomba tanque é inédito com motor GNV
O primeiro (H)LF 10 com motor a GNC será utilizado por bombeiros na Alemanha. A empresa informa que outros mercados europeus também estão trocando suas frotas de veículos a diesel por movidos a gás natural.
Magirus auto bomba
O (H)LF 10 é montado sobre o mesmo chassi do Iveco Eurocargo Natural Power 4×2. O modelo tem tanque com capacidade para 420 litros de gás natural comprimido (GNC). O câmbio automático é produzido pela Allison.
O novo caminhão de bombeiros tem autonomia de até 300 quilômetros. O funcionamento da bomba é de até quatro horas, de acordo com informações da companhia.
O aquecimento da cabine do caminhão também é a gás. Além disso, há um novo tipo de gerador de energia, movido a hidrogênio e ventiladores alimentados por bateria.
O (H)LF 10 pode ser customizado de acordo com as necessidades do usuário. É o caso de sistemas de acionamento alternativos, para atender diversas demandas da operação.
Foco no combate a incêndio
A Magirus GmbH é sediada em Ulm, na Alemanha. A empresa começou a fabricar veículos de combate a incêndio em 1866.
Em 1910, iniciou a produção de caminhões e ônibus. Os veículos da Magirus ficaram famosos por serem capazes de operar em condições extremas.
A empresa também inventou a escada giratória para combate a incêndio. Batizada de Magirus Leiter , o sistema rapidamente se tornou um item essencial em caminhões de bombeiros do mundo todo.
Em 1975, a companhia foi comprada pela italiana Iveco. E continuou produzindo caminhões por algum tempo com o nome”Iveco Magirus.
Os caminhões da Iveco foram vendidos sob a marca Magirus na Alemanha e em alguns outros mercados da Europa e Oriente Médio até o fim dos anos 80.
Atualmente, a marca Magirus é exclusiva da divisão de equipamentos de combate a incêndios.

sábado, 7 de dezembro de 2019

Projeto Contra Fome Segue Suas Atividades Em Viamão e Porto Alegre

FEBRABOM CONTRA A FOME:

Em continuidade as ações do projeto social Febrabom contra a Fome.
A Febrabom RS, realizou na manhã de sexta feira dia (06) a entrega de alimentos não perecíveis a três entidades vinculadas as questões sociais destinada a crianças de baixa renda do município de Viamão.
Ao todo, mais de 400 quilos de alimentos foram distribuídos.
Já na próxima semana, o projeto atenderá entidades de Porto Alegre.

Em 04 anos de atividades o projeto social Febrabom contra a Fome vem colaborando com a manutenção através de donativos há mais de 07 entidades cadastradas no projeto mantido pela força de mobilização de seus associados e Simpatizantes de suas ações e projetos Institucionais.
Projeto social Febrabom contra a Fome ajude, participe e colabore!

"Quem tem Fome não espera!"
WhatsApp Cental Febrabom: (51) 21 60-2022

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Falso bombeiro é preso pela PM após ser descoberto aplicando golpe no comércio de Araras,SP

Ele estava fazendo vistoria e cobrando uma certa quantia em dinheiro.
Na tarde desta quinta-feira (05), a Polícia Militar de Araras (SP), foi acionada via COPOM para atendimento de ocorrência pelo bairro Center Martini, dando conta que no local haveria um indivíduo em trajes de bombeiro civil, fiscalizando, além dos dispositivos de combate a incêndio, o alvará do comércio. No local “açougue” , os policiais militares cabo Dean e soldado Saldanha em contato com o solicitante que confirmou a informação, relatando ainda que o suposto bombeiro exigiu dinheiro para que seu comércio não fosse “notificado”.
De posse das informações, com apoio dos policiais sargento Isaías, cabo Moraes, cabo DeCarli e soldado Cândido Thiago foi realizado patrulhamento nas imediações do local, onde logram êxito em localiza-lo pela Rua Adilson Corbonezi daquele mesmo bairro, ato contínuo, foi submetido a abordagem e busca pessoal, nada de ilícito localizado, e que ao ser indagado, declarou várias informações contraditórias.
Diante dos fatos o indivíduo foi detido e após realização de exame de corpo delito, foi encaminhado até a delegacia, onde o delegado Dr Tabajara Zuliani dos Santos tomou conhecimento acerca dos fatos ratificando voz de prisão por extorsão/exercício irregular da profissão, permanecendo preso à disposição da Justiça.
fonte: reporterbetoribeiro

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Audiência Pública Discutiu o Desenvolvimento Da profissão Bombeiro Civil Em Nível Nacional.

Criação Do Conselho de Classe da Profissão Em Pauta. 
No último dia (05) de novembro A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público promoveu audiência pública para tratar da integração nacional para o desenvolvimento da profissão de bombeiro civil. 
A audiência solicitada pelo deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), explicou que é preciso discutir, por exemplo, “aspectos como a criação de um Conselho Federal que regulamente os parâmetros para a realização das tarefas da profissão; a padronização nacional do uniforme; a instituição de cursos técnicos de qualificação profissional e pós-graduação.” 
Participaram do debate:
O coordenador-geral de Estratégia em Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Luis Claudio Laviano;
o secretário do Trabalho da Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Silva Dalcomo;
o secretário-executivo do Ministério da Educação, Antonio Paulo Vogel;
o secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério a Cidadania, Lelo Coimbra;
o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, Alexandre Lucas Alves;
o coordenador da Comissão de Estudos de Planos e Equipes de Emergência CB/24, Comitê Brasileiro de Segurança contra incêndio da ABNT, Jorge Alexandre. 

Fonte: www.camara.leg.br