terça-feira, 30 de outubro de 2018

Febrabom Promove Segunda Edição de Curso Guarda Vidas de Piscinas no RS.

Projeto Social Organiza Curso Para Guarda Vidas de Piscinas No Rio Grande do Sul em Dezembro.

Diante da enormidade de profissionais não aptos ao exercício da atividade de Guarda Vidas No Rio Grande do Sul. 
O Projeto Social Desenvolvimento Campeão desenvolvido pela Federação Brasileira de Bombeiros Civil organiza, a capacitação de vários Bombeiros Civis que trabalham como Guarda Vidas porém, não possuem a qualificação necessária para o exercício da mesma.
Vale lembrar:que a atividade de guarda vidas é completamente diferente das atividades desenvolvidas por profissionais civis.
O curso de guarda vidas além de uma atividade especifica exige ainda, qualificação de acordo com o trabalho a ser realizado principalmente levando em conta, algumas leis municipais que exigem a presença destes profissionais em áreas aquáticas principalmente na temporada de verão em vários lugares do Estado.
Guarda Vidas De Piscinas:
Guarda-vidas é o profissional apto a realizar medidas preventivas, educacionais, de orientação e de salvamento em ambientes aquáticos, evitando afogamentos e preservando a vida de quem estiver em perigo. 
Esta profissão, porém, não é exclusiva da iniciativa pública – existe também na iniciativa privada. Na iniciativa pública, porém, o profissional é militar, integrante ao Corpo de Bombeiros. 
Código Brasileiro de Ocupações nº 5171/15 
Mercado de trabalho 
O profissional pode trabalhar em ambientes como praias, rios e piscinas. 
A rotina do trabalho
O Guarda-Vidas deve treinar constantemente e fazer exercícios como alongamentos e musculação; zelar pela segurança de banhistas em piscinas e praias; desenvolver trabalhos preventivos e de educação à comunidade, a fim de orientar sobre possíveis riscos de afogamentos e acidentes aquáticos.
Porque Ter um Guarda Vidas?
Você que é administrador, síndico ou proprietário de estabelecimento com piscina de uso coletivo, sabe da importância de possuir um salva-vidas em seu empreendimento?
O afogamento é a segunda causa de morte acidental antes dos 15 anos, conforme estudo feito pela ONG Criança Segura;
De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), as piscinas são responsáveis por 53% de todos os casos de óbitos por afogamento na faixa de 1 a 9 anos de idade;
Dados ainda da Sobrasa apontam que no Brasil 20 pessoas morrem afogadas todos os dias e que o afogamento é a segunda causa de morte em crianças de 1 a 9 anos idade e a terceira entre 10 e 19 anos.
Em diversas cidades e estados brasileiros estão em vigor leis que determinam a presença de guardiões de piscina para o seu funcionamento e, também, estão previstas punições aos responsáveis pelos estabelecimentos que se omitem. Tais punições, como multas no valor de R$ 1.000,00 à R$ 10.000,00, são ainda somadas à indenizações por danos morais, em casos de ocorrências graves ou mesmo de mortes provocadas por afogamentos.


Curso: Conteúdo Teórico e Prático
Carga horária de 20 horas Inicio: Dias 06 e 07 de Dezembro aulas teóricas das 19:00 as 22:00 hrs 


Local: sede RS febrabom AV. Senador Salgado Filho nº 2005 parada 36 da Atrás UPA / Viamão. 
Encerramento Domingo dia 09 de Dezembro aula prática das 08 as 20 horas loca: Sítio da Lagoa, Estrada Henrique Closs, 5440 - Neópolis, Gravataí - RS
Investimento:
Associado febrabom R$ 220,00 reais e dois quilos de alimentos não perecível.
Não Sócios R$ 280,00 reais e dois quilos de alimentos não perecível.
Reciclagem 150,00 e dois quilos de Alimentos.
Documentos necessários: cópia do RG comprovante de residência e ASO (atestado de saúde ocupacional).
Inscrições abertas Email: febrabomrs@gmail.com 
Fones: 51 3046-2741 Whatsapp: 51989186550 
Certificação: Bombeiros RS Treinamentos 
Cronograma de acordo com uma sociedade Brasileira de salvamento aquático (sobrasa) Oportunidade única!