quinta-feira, 21 de março de 2019

Dia Estadual do Combate ao Exercício Ilegal da Profissão Bombeiro Civil Poderá Virar Lei no RS.

Rumo a Moralização: Deputado Ajudará na Construção da Nova Proposição.
Assim Como a já agendada audiência Pública que debaterá este tema proposta pelo Deputado Estadual Edson Brum do (MDB). Mais uma iniciativa, cujo intuito além de orientar a população Visa a moralização e empregabilidade dos verdadeiros profissionais que compõem a atividade teve início na manha de quarta feira dia (20) na Assembleia Legislativa do Estado.
Em reunião previamente agendada no gabinete do deputado estadual eleito Elisandro Sabino do (PTB) A Direção Estadual da Febrabom Núcleo Rio Grande do Sul, em reunião propôs o trabalho conjunto na criação e construção do projeto de Lei Estadual que que cria o dia do combate ao exercício ilegal da profissão Bombeiro Civil em âmbito Gaúcho.
A construção conjunta deste projeto tem como principal objetivo, o fomento a conscientização pública sobre os prejuízos causados por meio desta prática criminosa e seus malefícios decorrentes a população e aos utilitários. Visa ainda, a criação de fóruns de debate voltados a orientação empresarial e pública sobre a utilização de profissionais despreparados sem a devida capacitação bem como, sua comprovação documental de suas qualificações que colocam em risco, pessoas, empreendimentos, eventos entre outros.
Elisandro Sabino, que foi ex Vereador de Porto Alegre e que vem acompanhando atentamente a necessidade do fortalecimento das ações de prevenção contra incêndio no estado haja vista, os últimos incidentes País a fora. Comprometeu se em ajudar no que for possível para que medidas preventivas eficazes possam se tornar realidade. Ainda segundo ele:
“Todas as iniciativas preventivas, orientativas e de interesse coletivo são medidas garantidoras de saúde, da vida e bem-estar público.” Afirmou.
A reunião ainda debateu o apoio do deputado no seu  ingresso e no fortalecimento das ações da Frente Parlamentar Gaúcha do Bombeiro Civil criada em 2018.
O escopo da proposta foi entregue e uma próxima reunião para debate e ajustes será agendada.
Fotos: Naian Meneghetti 


Nenhum comentário:

Postar um comentário